jump to navigation

Instagram e o caso da mudança do contrato de uso: o “rabo balançando o cachorro” 16/janeiro/2013

Posted by rapidoerasteiro in Gestão, Internet.
Tags: , ,
trackback

Hoje o blog do Bruno Garattoni da Revista Superinteressante, relatou que o Instagram perdeu mais da metade dos seus usuários depois da péssima ideia do anúncio de alterar o seu contrato de uso, dando a entender que poderia usar e vender livremente as fotos dos usuários.

Tudo bem que cair de 16 milhões para mais de 7 milhões de usuários é uma queda e tanto, mas é inegável que o Instagram ainda mantém uma boa base de usuários. Eu mesmo sou um deles, apesar de usar o aplicativo 1 vez por mês e olhe lá… E quem comemora é o Facebook, que tem funcionalidade similar e acolheu de bom grado boa parte dos desistentes do Instagram.

E o que o “cachorro” tem a ver com isso?

A metáfora do cachorro ilustrava bem a relação entre as indústrias e seus mercados consumidores. A indústria (cérebro do cachorro) criava produtos e serviços (estímulo para abanar o rabo) para o público (o rabo do cachorro) que, por sua vez, comprava esses produtos (rabo abanando). A partir dessa lógica, grandes corporações passavam a ter certo controle e certo conforto, pois tinham a segurança de que seus produtos tinham um público bem definido e amplo. Com isso, mesmo produtos ruins poderiam ter boa aceitação pelo mercado (o comando de abanar o rabo do cachorro sempre funcionava).

Com a disseminação em massa das telecomunicações (e aqui a internet tem papel fundamental), essa lógica começou a mudar. Com maiores possibilidades de compartilhar informações e opiniões sobre produtos, serviços e seus fornecedores, o público passou a ter mais força, conseguindo muita vezes mudar o comportamento dos fabricantes. Metaforicamente, essa maior força do público nos dias atuais pode ser expressada como um rabo muito maior do que o tamanho do cachorro. Assim, esses movimentos do público com muito mais poder de comunicação passa a sacudir os fornecedores. Daí a expressão “rabo balançando o cachorro”.

Casos como este do Instagram são e passarão a ser cada vez mais comuns, o que exige mudanças na estratégia dos fornecedores de produtos e de serviços, principalmente aqueles que atendem a grandes públicos. Eles precisarão planejar e executar seus movimentos com muito mais cuidado, buscando acima de tudo a satisfação dos seus consumidores que, no final, deverá proporcionar faturamento e lucro. Movimentações das empresas que sejam percebidas como prejuízo pelos seus os consumidores, certamente provocarão movimentos que irão balançar o cachorro, que precisa estar alerta.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: