jump to navigation

Motorola inova com o Atrix 28/abril/2011

Posted by rapidoerasteiro in Tecnologia.
Tags: , , , , ,
trackback

Uma das coisas mais legais que eu observo nas inovações lançadas diariamente no mundo da tecnologia da informação é a capacidade que algumas empresas têm de traduzir as necessidades e expectativas de grande parte do público consumidor.

Os dispositivos da moda sem dúvida são o iPhone (e smartphones), o iPad (e Tablets), os Netbooks e Notebooks em geral. Aliás, mais do que moda esses “gadgets” são objetos de desejo para muitas pessoas, algumas delas por necessidade de estarem conectadas o tempo todo, outras por puro status mesmo.

O problema é que você precisa ter no mínimo 2 desses dispositivos para ter conectividade com mobilidade. E, se por um lado temos a possibilidade de estarmos conectados o tempo todo à internet, por outro lado precisamos ter o cuidado de manter devidamente sincronizados os dados armazenados em todos em todos os aparelhos, além de carregarmos um monte de tranqueiras conosco (carregadores, cabos, etc.). Quanto à sincronização, os mais conectados vão dizer que “sincronizar é fácil, porque tudo está na rede, online”. Porém, a realidade mostra que no Brasil a conectividade plena ainda é algo restrito a pouquíssimas pessoas, e um sonho distante para a maior parte de nós.

E parece que a Motorola prestou atenção a essa dificuldade dos consumidores de carregar peso e ter que cuidar da sincronização dos dados. Com isso, lançou o celular Atrix, com um super processador e boa capacidade de memória. Até aí nada de novo, seria apenas mais um smartphone no mercado. Mas o lance genial foi o acessório “lapdock”, que transforma o Atrix em uma espécie de Netbook. Ou seja, uma só CPU para 2 aparelhos. Olha só a foto ao lado e o vídeo abaixo.

Segudo a PCWorld, o equipamento ainda tem muito a evoluir, porque o desempenho do conjunto Atrix+Lapdock não é lá essas coisas. Porém, como esse novo produto a Motorola mostra uma possibilidade de termos um único “computador móvel”, diminuindo consideravelmente o peso que carregamos. Só falta mesmo temos um acessório que transforme o celular em um tablet. Ah, e também uma bateria que dure pelo menos uns 3 dias sem recarga.

Ou seja, é mais um sinal de que a computação ubíqua se tornando realidade (você se perguntou que raios significa “ubíquo”? Então também dê uma lida neste outro post publicado aqui mesmo).

Anúncios

Comentários»

1. Joao Pimentel - 24/setembro/2011

Se tiver outra opção não compre esse telefone. Muito ruim, não consegue diferenciar o sinal de EDGE e 3G ficam sempre na duvida e ai perde a rede, já vem com esse defeito de fábrica…ou da TIM?
Mas pule para proxima opção.

rapidoerasteiro - 25/setembro/2011

Pois é, o Atrix ainda é uma aposta arriscada. Aliás, a primeira versão de qualquer aparelho ou máquina sempre tem alguns erros que devem ser corrigidos nas próximas versões.
Pessoalmente, acho que o conceito de celular/laptop não pegou. Mas vamos olhar para ver o que acontece.
Obrigado pelo comentário!
abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: