jump to navigation

O mito das pessoas “multi tarefa” 11/março/2011

Posted by rapidoerasteiro in Gestão.
Tags: , ,
trackback

Atenção você que é da chamada Geração Y!

Se você trabalha no computador com 400 janelas abertas ao mesmo tempo; quando almoça/janta também vê TV, navega da internet e manda/lê mensagens de texto no celular; acessa 100 diferentes sites durante a aula; e, além de tudo isso, ainda acredita nos especialistas que dizem que isso “é normal” e até mesmo que isso “faz parte dos hábitos desta geração”.

Se você é tudo isso, ou até mesmo mais do que isso, este post não é para você. Ou melhor, este post na verdade é mesmo importante para você.

Recomendo a leitura do post de Margaret Heffernan na BNet, com o sugestivo título “How to Kick Multi-Tasking Addiction” (ou “Como se livrar do vício da multi tarefa”). Ela cita um estudo muito interessante, relatado no artigo “Examining the Affects of Student Multitasking With Laptops During the Lecture” (ou “Examinando os efeitos da multi tarefa em estudantes com laptops durante palestras”).

Antes das conclusões, alguns números apurados na pesquisa, realizada com estudantes universitários:

  • Em média, cada estudante abriu 65 páginas por palestra;
  • Cerca de 62% das páginas abertas não tinham nada a ver com o conteúdo abordado;
  • Além da navegação, os estudantes também utilizaram E-mail e Mensagens instantâneas (Messenger, Skype, etc.).

Depois, ao averiguar o desempenho dos alunos, a principal conclusão do estudo foi: quanto mais multi tarefa for o aluno, pior é o seu desempenho acadêmico. Além disso, pessoas multi tarefa tendem a ter aprendizado mais lento, cometem mais erros, e a não reter o conteúdo por muito tempo.

E o fenômeno vai muito além das fronteiras das salas de aula. Nas empresas, o fenômeno se repete, porém com consequências bem piores.

O fato é que não somos seres multi tarefa. E isso é comprovado por vários estudos relatando que, quanto maior for a nossa concentração em uma única tarefa, maior é será a qualidade do produto final.

Então, ficou preocupado(a)? Os especialistas dão algumas dicas para quebrar esse mau hábito:

  • Medir o seu desempenho pela produtividade, e não pelas horas gastas no trabalho: isso permite avaliar se você está concluindo suas tarefas. Se for possível avaliar a qualidade dos produtos, melhor ainda.
  • Busque a concentração no seu trabalho e nas reuniões em que participar: procure deixar o celular e o computador de fora sempre que possível, e peça que todas as demais pessoas tentem fazer isso também. Além disso, procure evitar desvios do assunto principal. Isso tudo tende a tornar as reuniões mais curtas e produtivas.
  • Não seja um evangelizador da “mono tarefa”: não há nada mais chato e que crie mais rejeição do que uma pessoa que tenta “converter” os outros ao seu estilo de trabalho. Seja um exemplo, e caso lhe peçam ajuda, mostre que cada um tem o seu próprio mecanismo de se livrar de maus hábitos.

Confesso que também tenho o meu lado multi tarefa que precisa ser eliminado. Mas é isso aí mesmo: vivendo, aprendendo e, se possível, melhorando sempre. E você?

Anúncios

Comentários»

1. Rahel Lehenbauer - 11/março/2011

Eu sou capaz de apostar que há um desempenho multi tarefa melhor entre as mulheres… dependendo o tipo de tarefa… e o mesmo vale para os homens. Seria uma questão de constituição do próprio cérebro. Sabendo onde cada um pode ser mais multi (sem exageros) me parece que pode ajudar. Mas eis uma linha de pesquisa, mais do que algo pesquisado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: