jump to navigation

Marketing político “de carona” é jogo baixo 21/agosto/2010

Posted by rapidoerasteiro in Diversos.
Tags: , ,
trackback

Se tem uma coisa que me incomoda é a mentira. E com ela vem junto a enganação, a dissimulação, a enrolação e vários outros “ão”s.

Quem me conhece sabe que eu sempre procuro manter um tom neutro, partidariamente falando. Afinal de contas, este não é um blog de direita ou de esquerda, “muito pelo contrário”. Mas confesso que existem algumas coisas que me irritam profundamente e, por isso, vou abrir uma exceção hoje.

Todas as campanhas de candidatos do PT, sem exceção, têm trazido o sujeito (gramatical) “Lula e fulano(a)”, “Lula e beltrano(a)” juntamente com predicados (gramaticais) como “vão trabalhar …”, “vão realizar … “, “juntos vão construir …” e por aí vai.

Aqui começa a mentira: a campanha atual visa eleger Presidente, Governadores, Senadores, Deputados Federais, Estaduais e Distritais para DEPOIS do Governo Lula. Ou seja, Lula não estará mais na Presidência quando os candidatos eleitos estiverem ocupando suas cadeiras. E mais, o próprio Presidente Lula declarou em entrevista recente à Revista Isto É o seguinte: “eu ficarei no meu canto, curtindo o fato de ser um ex-presidente da República” (vejam a íntegra da entrevista aqui: http://www.istoe.com.br/reportagens/93604_NINGUEM+VAI+DESTRUIR+MINHA+RELACAO+COM+A+SOCIEDADE+PARTE+1). Ou seja: uma coisa é mostrar o apoio de Lula; outra é mentir dizendo que ele estará junto com o(a) candidato(a) ativamente depois das eleições.

Não quero aqui discutir a popularidade do atual presidente. Lula é o Presidente da República mais popular da História do Brasil. Isto é um fato inegável. Ele é uma figura única e não se pode dizer que seu Governo não trouxe avanços. Claro que poderia ter avançado muito mais, poderia ter sido muito mais Ético, e também teve muito do velho loteamento político; mas também não dá para dizer que foi um completo desastre.

Agora, pegar carona na popularidade do Lula para enganar o eleitor, dizendo que o “Lula e o(a) candidato(a)” juntos vão fazer alguma coisa é a mais pura balela, mentira, enganação. Lula vai mesmo é tirar umas boas férias e se dedicar aos seus projetos pessoais.

O pior de tudo é que tem muita gente mal informada que acredita nessas mentiras indicando que o Lula realmente vai continuar a trabalhar ativamente com os(as) candidatos(as) caso sejam eleitos, algo que ele mesmo diz que não vai acontecer.

O que temos na realidade é um bando de pessoas pouco populares, com personalidade e propostas bastante fracas, que não tem coragem suficiente para bancarem sozinhas o desafio de serem a principal personalidade de suas campanhas. Aí temos absurdos como ver o tempo da propaganda eleitoral do(a) candidato(a) dar muito mais ao Lula, que nem candidato é.

Isto que os marketeiros estão fazendo é, no mínimo, antiético. Aliás, as Associações de Publicidade e Propaganda bem que poderiam fazer um trabalho para criar um código de ética para o marketing político.

Me desculpem a indignação, mas é que mentira tem limite…

Anúncios

Comentários»

1. carlinho - 25/agosto/2010

boas colações, interessantes,portanto concordo…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: