jump to navigation

tags: SEO, BBB, Dourado 31/março/2010

Posted by rapidoerasteiro in Internet.
Tags: , , ,
trackback

Como é do conhecimento de todos (mesmo aqueles que declaram “detestar” TV), ontem foi a final da 10ª edição do Big Brother Brasil, ou simplesmente, BBB 10.

Não vou aqui falar sobre o programa em si, até porque há milhares de outros blogs e sites muito mais especializados do que eu, e que poderão dar “análises” muito mais precisas sobre os diversos aspectos do programa. Eu queria hoje falar sobre outro fenômeno, que acontece aqui na web.

Como também está sendo amplamente noticiado, o vencedor do BBB 10 foi o controverso Marcelo Dourado. E, como é de se esperar, hoje a curiosidade da comunidade da web sobre o mais novo milionário do Brasil será grande. Ou seja, os buscadores receberão uma avalanche de buscas com as palavras/expressões chave “BBB” e “Dourado”, além de variações sobre o tema.

Considerando o sucesso e a importância dos buscadores para a web, muita gente começou a pesquisar quais seriam os fatores críticos de sucesso para que um site, ou conteúdo, aparecesse nos primeiros lugares nas buscas, sem precisar apelar para a compra de créditos para os “links patrocinados” (Adwords e afins). Disso surgiram técnicas conhecidas como SEO (Search Engine Optimization – otimização para mecanismos de busca), SEM (Search Engine Marketing – marketing orientado a mecanismos de busca), entre outros. Muitos pregam que SEO e SEM são pura enganação, vendida para clientes que querem aparecer na web a qualquer custo. Eu, particularmente, acho que funciona, mas também acho que não há receita de bolo para o sucesso na web, como muita gente quer vender.

Como tudo na vida tem um lado bom e o lado ruim, há vários relatos sobre o “lado negro da força”, ou o uso antiético das práticas de SEO e SEM. Entre as práticas mais comuns, temos a propagação automática de links em sites, spam, e o mais comum é associar palavras ou expressões chave que estão em destaque a sites e conteúdos que não têm nada a ver com os temas. Há alguns casos clássicos, entre eles o site de um político que tinha a tag “Lula” no código-fonte há uns anos atrás, sendo que o mesmo era adversário político declarado do atual Presidente da República.

O pessoal deu o nome de “black hat SEO” a essas práticas, e tenho certeza de que durante esta semana teremos muitas provas disso. Para tanto, basta procurar pelas expressões “BBB” e “Dourado” (e suas variações) para encontrarmos na lista de resultados links para sites que não têm absolutamente nada a ver com o tema.

Creio que a web verá uma versão em escala nacional do fenômeno que aconteceu no ano passado logo depois da morte de Michael Jackson, quando muita gente realmente postou conteúdo sincero sobre o cara (espero que eu esteja nesta categoria, pois coloquei as tags BBB e Dourado neste post – depois conto os resultados), mas também teve muito gaiato que se aproveitou para postar qualquer coisa com tags relacionadas ao tema, só para chamar tráfego para o seu site.

Seja por pura curiosidade, ou por força do trabalho (para os profissionais da web), acho que vale a pena gastar uns minutinhos para investigar o tema. Os resultados acabam sendo normalmente bastante interessantes…

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: