jump to navigation

2010 inicia com um definitivo “tchau” para a Oi 5/janeiro/2010

Posted by rapidoerasteiro in Diversos, Tecnologia.
Tags: , , , ,
trackback

Neste final de 2009, época de telefonemas para pessoas queridas, muito movimento (especialmente em uma cidade turística como aqui em Floripa), e um previsível aumento na utilização da infra-estrutura das empresas de telecom, especialmente aquelas que operam telefonia celular.

Bem, eu já havia relatado aqui neste mesmo Blog o meu descontentamento com a Oi (post “Tchau para a Oi”), e no fim do ano a coisa piorou definitivamente. No dia 21 de dezembro meu telefone definitivamente parou de funcionar enquanto estava no centro da cidade. Pessoas me ligaram e eu não atendi porque simplesmente o meu aparelho não tocava, o que me lembrou os primeiros e infelizes meses de operação da Vivo aqui em Santa Catarina. Fui até uma loja da Oi para pagar uma fatura que não havia chegado no meu endereço, mas o atendimento para clientes BrT (ué, não éramos todos Oi?) era feito na “salinha dos fundos” apenas até às 18 horas (de repente eles acham que os clientes BrT não trabalham…).

O mais interessante nisso tudo é ver a arrogância da Oi em relação às manifestações negativas de seus clientes. Tudo bem que os 6 visitantes diários deste blog (eu e minha família por obrigação, e você por opção – aliás, obrigado pela visita!) podem não representar uma audiência significativa para a Oi, mas lembrando que a empresa responsável pela Futurecom (principal feira internacional sobre telecom realizada no Brasil) leu e se manifestou sobre comentários feitos aqui (aliás, excelente postura da empresa, devidamente registrada aqui também), de repente a Oi poderia fazer o mesmo. Ou então, a Oi não faz monitoramento de Blogs e Redes Sociais, uma atitude que reforça a postura arrogante da empresa, além de mostrar um certo amadorismo do seu setor de marketing, desprezando a força da internet.

Enfim, no mesmo dia 21 de dezembro fiz uma pesquisa e troquei de operadora. No dia seguinte recebi um contato da Oi, mostrando novamente a postura redundante das empresas de telecom no Brasil: só tentam conversar com o cliente quando já é tarde demais. Talvez a minha migração para outra operadora não tivesse acontecido se a Oi fizesse um contato anterior, explicando várias questões nebulosas, mas previnir não é mesmo um verbo praticado por essas empresas, que preferem tentar remediar, o que nem sempre dá certo. Não que eu fosse um grande cliente da Oi, mas de “grão em grão” a concorrência pode encher sua carteira de novos clientes.

Um ponto positivo nisso tudo foi o processo de Portabilidade das linhas que migrei da Oi para a nova operadora (foram três linhas ao total). Mesmo nessa época de Natal e altíssimo volume de habilitações e mudanças de operadora, tudo funcionou perfeitamente. Nota 10 para a Anatel dessa vez.

E deu pena dos clientes Oi durante o Reveillon aqui em Floripa. Liguei para diversas pessoas queridas, com telefones de diversas operadoras e, exceto para os telefones Oi-BrT (nenhuma ligação foi completada para esses telefones), todas os outros telefonemas foram realizados sem problemas.

Enfim, ainda não vou divulgar o nome da nova operadora, que ainda está em “período de experiência”. Bem, também não é difícil acertar um chute, porque restam Vivo, TIM, Claro e Nextel como opções, o que também mostra a falta de concorrência em termos de telefonia aqui no Brasil.

No fim, acabamos escolhendo não a melhor operadora, mas a menos pior e a menos cara, o que mostra claramente que temos um Cartel muito mal disfarçado para os serviços de telecom aqui no Brasil. É mais ou menos como dizia um antigo colega de trabalho: “em um mercado que só tem meia dúzia de concorrentes, é muito difícil um discordar do outro”.

Anúncios

Comentários»

1. Marcos Trevisan - 5/janeiro/2010

Parabéns pelo post sobre o acontecido com a Oi. Aqui em São Paulo Capital nas vésperas de Natal e Ano Novo o tormento foi o mesmo, não se fazia ou recebia ligações. E ainda nessa derrota nem os famosos SMS (torpedos) também não foram enviados, e os que foram o pessoal recebeu em torno de dois dias depois, sem dúvida uma vergonha, uma estrutura péssima e o cliente de mãos atadas, já com as outras operadoras T, V, C, tudo ocorreu normalmente já que possuo um chip de cada operadora testei em todas, só a Oi me deixou na mão, mais uma vez de tantas outras. Realmente é uma empresa que ainda tem muito que se estruturar e melhorar a qualidade nos serviços, acho que por isso a Oi está no ranking do Procon de 20 estados mais o Distrito Federal, como uma das mais reclamadas do setor. A matéria está disponível em: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2009/12/02/ult5772u6456.jhtm

Bom é isso. Fica aqui o meu forte abraço.

rapidoerasteiro - 6/janeiro/2010

Pois é Marcos, é brincadeira o que as operadoras de telecom fazem com a gente. E é muito bom saber que eu não estou sozinho nessa batalha.
Obrigado pelo comentário e pelo link. Realmente, a coisa está feia mesmo, com as empresas de telefonia celular liderando os rankings de reclamações dos procons.
Um abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: