jump to navigation

Denúncia: total descaso com a saúde em Santa Catarina 4/abril/2009

Posted by rapidoerasteiro in Diversos, Gestão.
Tags: , , , , , ,
trackback

Este post sai bastante dos temas que normalmente exponho aqui neste blog. Porém, peço licença a vocês para me manifestar sobre algo que vi nesta semana. Me senti obrigado a denunciar um absurdo, que infelizmente não é um caso isolado e acontece nos estabelecimentos de saúde não só em Santa Catarina, mas em todo o Brasil.

Nesta semana, um familiar meu precisou fazer uma pequena cirurgia, e foi encaminhado para o Hospital Governador Celso Ramos, em Florianópolis. Como era necessário um acompanhante, fui junto no dia e hora marcados, acompanhando todo o procedimento. Na entrada já começam os problemas: a sala de recepção onde estávamos ficava ao lado dos aparelhos do ar-condicionado central, um barulho ensurdecedor. Os funcionários atendiam a todos com muita presteza, mas realmente era difícil. Fora que, o ruído do ambiente era completamente incompatível com um Hospital.

Fomos encaminhados para o subsolo, onde vi um dos maiores absurdos: pessoas doentes em macas distribuídas por todos os lados, ao lado de entulhos de uma reforma que estava acontecendo no mesmo local (acho que era a instalação de um novo elevador). Para provar isso, tirei uma foto, cuja imagem segue abaixo:

Absurdo

Entulho ao lado da Maca, além do super confortável banco de madeira, com uma chapa metálica solta atrás. Vejam o sinal para o caminho da "Emergência". Sugestivo, não?

Será que não seria possível isolar a área, ou pelo menos fazer uma separação do material de construção do restante com biombos, ou algo do gênero? Ou então, que tal capacitar as pessoas que prestam este tipo de serviço em hospitais para terem cuidados especiais necessários para o ambiente onde estão trabalhando?

Além da óbvia sujeira provocada pelo entulho, as condições do local eram no mínimo precárias: chão, paredes, janelas e teto imundos, barulho, e falta total de um mínimo de conforto e espaço. Nesses locais nós presenciamos os mais absurdos testemunhos: na foto acima aparece uma Maca com uma senhora (só fotografei parte dela, para manter a sua privacidade), que ficaria por uma semana ali naquele local, pois precisava fazer exames. Ficar uma semana inteira em um local sujo, barulhento, sem privacidade e nem as mínimas condições de higiene é no mínimo desumano.

Aliás, não faz muito tempo atrás este mesmo Hospital foi denunciado por más condições de higiene, por causa de uma infestação de ratos. O link para o site do Ministério Público de Santa Catarina comprova isso com uma notícia de 2006.

Apesar de todos esses problemas, devo aplausos aos profissionais do Hospital Celso Ramos. Todos eles, sem exceção, prestaram um atendimento excelente, digno de nota 10! No lugar deles, imagino a frustração de ter que trabalhar em um local sem as mínimas condições, além do sofrimento e da sensação de impotência diante do sofrimento de pacientes e familiares. Esses profissionais merecem a nossa admiração.

Bem, sobre o meu familiar, depois de ser atendido somente 4 horas depois de ter chegado (mais de 8 horas em jejum), a cirurgia foi realizada sem maiores problemas. Porém, no outro dia o óbvio apareceu: uma infecção no local da cirurgia.

E os nossos governantes e administradores públicos? Bem, a desculpa será sempre a mesma: falta de dinheiro, dívidas, etc. Porém, o que falta mesmo é boa vontade e espírito público, pois o desperdício, a lentidão, e a pouca vontade de prestar serviços (e contas) aos cidadãos predominam como valores negativos.

Aliás, um dos assuntos que eu pesquiso e eventualmente cito aqui neste Blog é o CRM, Gestão do Relacionamento com o Cliente. Bem, que tal se os nossos órgãos públicos adotassem a Gestão do Relacionamento com o Cidadão, a partir dos mesmos valores? Imaginem: bom atendimento, transparência, fidelização, relacionamento de longo prazo, prestação de contas, vários pontos de atendimento, bom uso de tecnologias, etc. Não custa nada cobrarmos este tipo de postura dos nossos Administradores Públicos.

Eu, como cidadão, estou manifestando a minha indignação e utilizando a internet como ferramenta de denúncia e propagação deste verdadeiro absurdo. E você, tem algo a denunciar? Que tal fazer o mesmo no seu blog?

Atualização em 06/04/09:  sobre o meu familiar, a inflamação foi devidamente contida com os uso de uma série de remédios. Mais uma vez, o pessoal do HGCR deu show no atendimento.

Anúncios

Comentários»

1. VINICIUS - 7/abril/2010

ESSA SEMANA TIVE NO POSTO DE SAÚDE DO BAIRRO BALNEÁRIO ( ESTREITO) FPOLIS-SC
E NÃO PUDI SER ATENDIDO POIS A MOÇA ME DISSE QUE NÃO TINHA MÉDICO!!!!

QUE DESCASO!!!!

2. Éder Luis - 13/março/2012

Bom dia,
Estamos abrindo um processo cívil e criminal contra a Clínica Gargioni. – Lges SC
Motivos: negligência médica e demais desrrespeitos ao paciente infringindo regras e leis medicinais e penais.
Colocando em risco a vida do paciente.
Como procedemos inicialmente?
Grato; Éder Luis.

rapidoerasteiro - 13/março/2012

Prezado Eder,
Não sou da área do Direito, mas creio que casos como este devem ser denunciados ao Ministério Público Estadual (Promotoria de Justiça). Para Santa Catarina, há um link em http://portal.mp.sc.gov.br/portal/webforms/frame.aspx?secao_id=85 contendo um formulário para denúncias.
Ou então você pode ir pessoalmente à sede do MP em Lages (o link http://portal.mp.sc.gov.br/portal/webforms/promotorias.aspx?secao_id=55 permite a busca).
Parabéns pelo exemplo de cidadania!
Boa sorte!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: