jump to navigation

Para Google, Twitter é “e-mail de pobre” 5/março/2009

Posted by rapidoerasteiro in Internet.
Tags: , , , ,
trackback

Diz o antigo ditado que “quem desdenha quer comprar”. Quando se aplica essa frase ao gigante das buscas Google, normalmente o verbo comprar significa adquirir mesmo, não apenas invejar. Considerando o sucesso do Twitter e um discurso do presidente do Google, poderíamos esperar algo nesse sentido. Para o espanto de meio mundo, o que aconteceu foi o extremo oposto: vejam partes do discurso que o CEO do Google Eric Schmidt proferiu nesta semana na Conferência de Tecnologia da Morgan Stanley sobre o a ferramenta de microblogging Twitter, conforme o site do jornal “The Business Insider“:

Falando como um cientista da computação, eu vejo todos esses (microbloggers) como sistemas de e-mail de pobre (…) em outras palavras, eles têm todos os aspectos de um sistema de e-mail, mas eles não têm todas as funcionalidades (…) Eu acho que a inovação é ótima. No caso do Google, nós temos um ótimo produto de mensagens instantâneas, e é o que a maioria das pessoas acaba utilizando.

Olhando essas partes acima, parece que Schmidt está delirando, subestimando os milhões de usuários do Twitter e, pior, fazendo uma salada com os conceitos de microblogging, e-mail (Gmail) e mensageria instantânea (Google Talk). Mas olhando outros detalhes do discurso dele, há outras partes interessantes (o texto completo pode ser acessado aqui):

O sucesso do Twitter é maravilhoso e eu acho que isso mostrar que há muitas, muitas formas de se encontrar e comunicar, especialmente se você deseja fazer isso de maneira pública.

Opa! Então aí já vemos que o CEO do Google não estava subestimando o Twitter tanto assim. Mas, ao contrário do que se esperava, o presidente da empresa não parece ver todo o potencial da ferramenta de microblogging, que já é considerada um negócio consolidado na rede (não é só mais uma “modinha”). Ao invés de aproveitar a oportunidade e incorporar o Twitter (e dinheiro prá isso o Google tem de sobra), pelo visto vão deixar o bonde passar.

O que eu pude entender dessa história toda é que parece que Schmidt está tentando minimizar a já real concorrência do Twitter. Custo a acreditar que um executivo que se diz inovador não acredita muito no futuro dessas ferramentas que postam publicamente mensagens de até 140 caracteres e cujos conteúdos podem ser atualizados e acessados tanto pelo computador quanto pelo telefone celular. Será que seria tão difícil assim enxergar que é uma ferramenta e tanto para relacionamento, principalmente em tempos de convergência digital?

Olha, considerando o crescimento consistente do Twitter, é bom o Google abrir o olho. Acho que o nosso caro CEO está subestimando um concorrente com potencial de incomodar bastante no futuro, já que o Google parece não se mexer nesse setor. Aliás, a história mostra que empresas que agem com esse tipo de “arrogância”, normalmente pagam um preço bastante salgado no futuro. Vide o famoso equívoco da IBM no caso da Microsoft lá no início da era PC (lembram do MS-DOS?), quando os executivos da big blue não acreditavam que software fosse algo que “daria dinheiro”.

Em tempo: vale a pena conferir o perfil oficial do Google no Twitter. Eles podem até subestimar o sistema, mas fazem bom uso dele. Vai entender…

E vocês, têm conta no Twitter? Eu confesso que não fiz a minha ainda, até pq é necessária alguma dedicação para atualizá-la constantemente, e anda me faltando tempo prá isso…

Anúncios

Comentários»

1. Giancarlo Proença - 6/março/2009

Somos dois “twitterless”. Mas realmente tem bastante gente usando. Até o filho de um amigo meu, de dois anos, já tem twitter. Coidiloco esse mundo “muderno”.

2. Guilherme Tossulino - 7/março/2009

Tenho o Twitter e procuro utilizá-lo como referência rápida para novidades assuntos interessantes. Uns dizem que o Twitter tá virando um delicious outros um MSN.

O que muda é a forma como cada aproveita e se dedica.

3. Jeferson Koslowski - 7/março/2009

Acho interessante o uso do Twitter para acompanhar pessoas que tratam de assuntos do seu interesse. É uma forma muito mais rápida e dinâmica de se manter atualizado.

Mas, o que mais se vê por aí é o uso do Twitter como se fosse um chat aberto, um “MSN público”. É como toda a Internet, tem conteúdo bom e ruim, cabe a cada um saber filtrar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: